A Ilha da Noite

Para aqueles que amam o maravilhoso mundo criado pela Mestra inigualável Anne Rice. Lestat, Louis, Armand, Marius, Mayfairs, A Talamasca... Todos estão aqui.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Vampiros da Vida Real

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
§ Mallory Romanus §
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 143
Data de inscrição : 29/03/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Vampiros da Vida Real   11/22/2012, 10:16 pm

Olá, meus queridos vampiros e bruxos, quanto tempo! cheers huhahuhahuha
Estou rindo porque ontem o Jaja, meu estimado príncipe mandou eu deixar de ser bissexta no Ilha, e ele não esta errado, é verdade. Eu desapareço, mas não é por pouco amor ao fórum, eu garanto. De fato eu sempre dou justificativas e tenho certeza que vocês estão cansados delas, então vamos ao que interessa! Wink

Há algum tempo eu estava querendo abrir esse tópico para nós apontarmos os vampiros da vida real, mas não sabia se vocês gostariam, de qualquer forma ontem Jaja me deu força e agora eu vou começar, torcendo que vocês aprovem e prossigam trazendo mais exemplos além do meu para que o tópico não caia no esquecimento. Realmente exemplos de "vampiros reais" não faltam, eu poderia citar vários e todos com histórias realmente interessantes, mas hoje resolvi contar a história de um psicótico. Como alguns de vocês devem saber, minha paixão é História e eu finalmente realizei meu sonho e entrei para a federal nessa área tão linda (começo ano que vem, gente lol! ), enfim... nesse meio tempo eu comecei Psicologia, área igualmente importante. E com meu interesse no assunto "Serial Killers" eu acabei mergulhando na psicopatologia em busca de talvez uma explicação, se é que era possível. Desse modo eu descobri que comumente os assassinos são chamados de psicopatas... Gente, um sociopata (o nome correto), ou seja, uma pessoa com transtorno de personalidade antissocial pode viver a vida inteira sem matar ninguém, apenas manipulando pessoas e tendo ganhos com isso. Assim como o psicótico não vai por obrigatoriedade matar, no caso a psicose pode até ser controlada com medicamento. Ou seja, nem todo assassino em série é psicopata, tirem isso da cabeça de uma vez por todas, a mídia que é responsável por essa crença infundada! Rolling Eyes

Falando então um pouco sobre psicose (sem trocadilhos com o filme do Hitchcock baseado no Ed Gein Laughing ), para que todos entendam o exemplo que escolhi;
Um bom exemplo de psicose que todos conhecem é a esquizofrenia. O psicótico perde por momentos não necessariamente sequenciados o sentido de realidade, ele vê coisas, ele ouve coisas... e ele não mente sobre isso. Você não esta vendo, mas ele esta, esta ali na frente dele! E isso pode ser assustador principalmente para ele, acreditem. Eles até mesmo são capazes de se arrepender de algo ruim que fizeram, diferente do psicopata. Compreendam que para o psicótico seus "delírios" são reais, são verdades e eles podem esta correndo perigo de vida. Mesmo que esse perigo de vida esteja apenas na cabeça deles. Quem não lutaria para se manter vivo? Quem pode culpar uma pessoa que é mais frágil que as outras e não soube lidar bem com a dor, acabando por cair na situação das alucinações. Eles não gostam nem querem isso, simplesmente esta ali e eles podem ver e ouvir.
Muitos assassinos em série tem alucinações e ouvem vozes que o mandam matar. Enquanto o individuo psicótico tem como características principais as alucinações e delírios, o psicopata tem um perfeito senso de realidade e uma grande inteligência e carisma. Ao contrario do que muitos pensam eles sabem muito bem diferenciar o que é certo e errado - diferente do psicótico - e por isso fazem de tudo para não serem pegos.

Tendo isso em mente (porque já falei de mais o o tópico não é sobre psicopatologias geek ) vamos ao meu exemplo:



RICHAED TRENTON CHASE — O VAMPIRO DE SACRAMENTO

Parece piada, mas não é, é bem sério. Rick Chase acreditava, tinha certeza que os ETs comumente com os nazistas queriam que ele morresse. Ele sabia que tinha uma estrela de Davi na testa e era por isso que os nazistas queriam matá-lo. Ele não tinha nenhuma estrela na testa, mas era o que ele via quando se olhava no espelho. Os ETs estavam envenenando o sangue dele e dessa forma ele acabaria morrendo. Como ele sabia que seu sangue estava envenenado? Simples, ele ia até a pia da cozinha e pegava o sabão de coco, se estivesse mole e gosmento embaixo, daquele jeito que fica quando esta molhado, ele estava envenenado e ia morrer. E o único jeito de se manter vivo era repondo o sangue, claro. Ele começou com sangue de animais... pegava filhotes nesses lugares que se recolhem os animais de rua, e batia o sangue deles no liquidificador. Sua casa era um nojo, totalmente insalubre cheio de moscas e partes em decomposição. Sua má relação com a mãe que não queria contato com seu filho doente e o proibiu de passar o natal com ela, sua introspecção e solidão logo fizeram ele acreditar que sangue de animais já não bastava. Foi então que ele começou a matar pessoas... (não entrarei em detalhes Suspect )
Eu não costumo me importar com o castigo que os assassinos serial recebem depois de descobertos, mas Chase é um caso que me comove porque ele era tão vitima quanto suas vitimas e tudo poderia ter sido diferente com tratamento, carinho e resiliência. Mas foi bem diferente. Não acho que o menininho de um ano que morreu pelas mãos dele merecia esse destino nem tão pouco a mulher grávida e as outras vítimas, mas também posso imaginar o desespero que ele sentiu ao tirarem sangue dele para o exame médico na prisão. Vocês podem entender porque ele se debateu tanto não é? Na criminologia, o que salva um assassino na hora da sentença é ele conseguir provar que na hora do crime ele não tinha noção do que estava fazendo, seja por break out, seja por loucura. Chase não conseguiu provar o que estava tão óbvio sobre sua incapacidade de discernir realidade da ilusão, e acabou sendo condenado a pena de morte por câmara de gás. Os profissionais da saúde na prisão insistiam que ele devia ser mandado a uma clinica de saúde mental e ele até foi, mas foi por pouco tempo. Ele voltou para prisão onde os presos o ridicularizavam e o encorajavam a se suicidar. Chase tomava uma dose diária de um Sinequan, para tratamento de depressão e alucinações, e foi juntando esses comprimidos até que tomou todos de uma vez vindo a morte em sua cela. Se o governo tivesse tentado ajudar, talvez ele até pudesse ser inserido novamente, quem sabe... Talvez eu esteja errada, mas de qualquer forma, verdadeiramente acredito que no caso dele, clinica psiquiátrica era melhor opção que penitenciaria. Penitenciaria e pena de morte ao meu ver é para psicopatas, não para psicóticos, mas nem todos fazem a diferença de um para o outro quando o assunto é crime. Neutral
Causa da Morte: ingestão toxica
Pena: execução na câmara de gás da penitenciaria
Período: 2 anos
Local: Sacramento — Califórnia
Spoiler:
 

Tem um vídeo interessante sobre o Rick Chase no Investigação Discovery para quem tiver interessado:
http://investigation.discovery.com/tv-shows/id-films/videos/lore-deadly-obsession-the-vampire-of-sacramento.htm


Eu dedico esse tópico a Stellinha que assim como eu fez um trabalho sobre o tema Serial Killers, mas amo todos vocês, viu!? Gabizinha, saudades de você, moça! Pessoal, espero que vocês tenham curtido. Digam a opinião de vocês, se concordam ou discordam de mim em algum ponto e por favor, tragam mais exemplos! jocolor
É isso, missão cumprida! xD

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2248
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/22/2012, 11:07 pm

No livro " Enciclopédia dos Vampiros" tem vários casos desses, vampiros reais. Pena eu não ter muito tempo disponivel para enumerar por aqui ;~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
§ Mallory Romanus §
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 143
Data de inscrição : 29/03/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/22/2012, 11:12 pm

Nem precisa enumerar, Foxy. Se você puder e quiser escolhe um e conta a história dele ou dela Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/23/2012, 12:29 am

Carinha bacana o nosso amigo aí, hein Mallory?

Eu tomei a liberdade de colocar a foto da vítima em spoiler, pois acho que pode chocar algumas pessoas daqui. Wink


Fico pensando se o Jack "O Estripador" se encaixaria nesse perfil... Rolling Eyes

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2248
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/23/2012, 9:51 am

Falam dele nesse livro que eu citei. Vishi Mallory, é que eu sempre tô bem ocupada e vou viajar esse fim de semana. Mas próxima semana posto alguma coisa tá ??
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
Gabrielle de Lioncourt
avatar
Co-Adm
Co-Adm

Mensagens : 3389
Data de inscrição : 05/01/2009
Localização : Around The World

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/23/2012, 11:04 am

§ Mallory Romanus § escreveu:
Gabizinha, saudades de você, moça!

Owti <3
Saudades de você também, moça!

Adorei a ideia do tópico! Me lembro de vários "vampiros da vida real", mas os nomes me fogem xD
A única que me lembro no momento é a Elizabeth Bathory, mas acho que vocês devem conhecer... mesmo assim, resolvi postar um resumo-de-internet sobre ela:

Elizabeth Bathory



Elizabeth Bathory (Erzsebet Báthory - no original) ficou conhecida como verdadeira 'vampira' por ter torturado e assassinado várias raparigas e se ter banhado no sangue de algumas delas e pensa-se que Bram Stocker se baseou nela (e no príncipe valáquio Vlad Tepes) para criar o Conde Drácula.

A sua familia era protestante e uma das mais ricas da Húngria. Nasceu em 1560 e cresceu na Transilvânia. Teve uma optima educação, era bastante inteligente e falava várias linguas fluentemente.

Aos 6 anos, Elizabeth teria visto um homem cigano, acusado de vender crianças, ser colocado por soldados dentro da barriga de um cavalo tendo sido depois costurado o abdomen do animal para que o homem lá morresse. Mais tarde viu as suas duas irmãs a ser violadas e assassinadas
durante um ataque ao castelo.

Supostamente, em 1574, enquanto estava noiva do conde Ferenc Nadasny, teve um caso com um camponês, do qual resultou uma gravidez que ela tentou esconder.

Teve 4 filhos, 3 meninas e 1 menino (seriam todos filhos do conde?).

O Conde era soldado e na sua ausencia, Elizabeth assumia as responsabilidades e deveres do cargo dele, cuidando do castelo. Foi a partir daí que começou a escravizar mulheres e a tratá-las mais cruelmente ainda do que era usual naquela época. Não só punia quem lhe desobedecesse, como também arranjava motivos e desculpas para infligir punições. Depois deliciava-se com os castigos, torturas e mortes das suas vitimas.

Algumas das suas punições passavam por enfiar agulhas sob as unhas e lábios das vitimas, e no inverno obrigava-as a caminharem sobre a neve, completamente despidas, e despejava água gelada sobre o seu corpo até que este congelasse completamente. Certa vez, num acesso de raiva, chegou a abrir a mandíbula de uma serva até que os cantos da boca se rasgassem.

Pensa-se que muitas vezes, drenava o sangue das raparigas para se banhar nele, pois acreditava que isso a manteria jovem e conservava a sua beleza (que segundo se diz, era invejavel). Esta prática começou começou quando uma criada acidentalmente puxou o cabelo da Condessa enquanto a penteava. Elizabeth bateu-lhe com tanta força que a mesma começou a sangrar, fazendo com que o sangue espirrasse para a mão da Condessa. A princípio Elizabeth ficou enraivecida e apanhou uma toalha para limpar o sangue, mas subitamente reparou que à medida que o sangue ia secando a sua pele parecia ter retomado a mesma brancura e jovialidade da pele das jovens camponesas.

Dizia-se que Elizabeth era bisexual (ou lésbica), e sabe-se que organizava muitas orgias onde só participavam mulheres.

Apesar da faceta mais obscura, em cartas que Elizabeth escrevia para a família, notava-se que era extremamente carinhosa com os filhos e o marido, ao contrário do que acontecia com as suas criadas.

O seu marido apoiava os comportamentos macabros de Elizabeth e ainda participava com ideias para novas punições - No verão despiam as mulheres e cobriam-nas com mel para assim atrair os insectos que as cobriam completamente e atacavam.

O Conde morreu em 1604 e ela mudou-se para Viena. Arranjou uma nova companheira para os seus crimes: Anna Darvulia. No entanto esta adoeceu, e Bathory arranjou outra amiga (talvez amante): Erzsi Majorova, que a incitou a incluir também mulheres de alto nivel social entre as suas vitimas. Como já era dificil encontrar jovens para a servir, devido aos maus rumores, Bathory seguiu o conselho de Majorova. Em 1609, matou uma jovem nobre, e encobriu a morte, alegando suicidio.

Em 1610, Elizabeth começou a ser investigada, acabando por ser presa. Quando as autoridades atacaram o castelo para a capturar, depararam-se com os corpos de mais duas raparigas torturadas, encontrando-se uma delas ainda viva.

Foi julgada e como prova foi apresentado um caderno que ela guardava no quarto que continha uma lista de 650 nomes de vitimas, todos escritos com a sua letra e várias testemunhas afirmaram que ela mordia o corpo das raparigas enquanto as torturava. Os seus cumplices foram condenados à morte, e ela foi foi condenada à decapitação, mas devido à sua origem e estatuto, a sentença foi alterada para para prisão perpétua. Foi colocada num quarto do castelo de Cachtice, sem portas ou janelas, apenas com uma pequena abertura para a passagem de ar e de alimentos, lá permanecendo pelos três anos seguintes até sua morte em 21 de agosto de 1614, com 54 anos de idade.

(Fonte)

_________________
“E assim, estendemos a mão para o caos furioso, apanhamos alguma coisa pequena e brilhante e nos agarramos a ela, dizendo para nós mesmos que ela tem significado, que o mundo é bom, que não somos a encarnação do mal e que no fim iremos pra casa.”

-
-
-

"Estaria sempre dividido. Sempre haveria a dor. Dor e prazer interligando-se e moldando-o, mas um, na verdade, jamais se sobrepondo ao outro; nunca haveria paz."



Assinatura


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.thesenseofdoubt.blogspot.com/
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/24/2012, 8:55 am

É. Eu vi um documentário sobre ela nas TV a cabos da vida ano retrasado...

Sinistra a mulher hein?

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
§ Mallory Romanus §
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 143
Data de inscrição : 29/03/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/24/2012, 7:32 pm

Meu príncipe... sim, Chase era tenso! Laughing
Que bom que você colocou a foto da vítima em spoiler, eu pensei que poderia chocar, mas desaprendi a mexer totalmente nas postagens do fórum Neutral
O Jack... sim, pode ser. Ele comeu meio rim. O canibalismo não esta TÃO longe assim do vampirismos. Se todos concordarem, eu falo sobre Jeffley Dahmer, o mais famoso canibal americano e dou idéias de outros para que as pessoas conheçam e possam contar a história deles aqui também. Agora, você podia falar do nosso estripador, não é? xD
Eu ficaria honrada! Wink

Tudo bem, Foxy. Posta sim, eu vou ficar muito feliz com o que postar. *-----*

Ahh, Gabizinha, como esquecer de Barthory não é mesmo? Essa aí mereceu o título mesmo, com certeza! E me fez pensar numa coisa: COMO eu fui criar um tópico sobre os vampiros da vida real e esqueci o principal deles? É lógico que o Conde Vrad merece seu espaço aqui, não concorda? Very Happy
Se ninguém o fizer, eu faço. Estava com saudades da Ilha! I love you
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/25/2012, 12:38 am

O que eu conheço do velho Jack é dos filmes que foram feitos como: Do Inferno, Morte por Decreto e mais algum outro que não lembro agora.

Não fiz uma pesquisa mais séria sobre.

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Natacha
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 284
Data de inscrição : 09/03/2012
Localização : Rússia

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/25/2012, 5:32 pm

Conheço uma moça que a tia dela é psiquiatra e quando ela foi fazer estágio ouviu que tinha um rapaz que que tinha problemas de sociabilidade era acho que sociopata. E vivia só lendo e td mais e sendo grande fã de Anne depois que a sua doença se agravou ele matou uma mulher e chupou o sangue dela mais tipo.... Totalmente doente. Não é invenção; é sério isso!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
§ Mallory Romanus §
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 143
Data de inscrição : 29/03/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/26/2012, 8:42 pm

Entendo, Jaja, sem problemas. =]

Nathy, eu acredito em você. Se o problema do rapaz for sociopatia mesmo, vulgo psicopatia, sim, ele tem personalidade antissocial. O psicopata é frio, calculista, objetivo, prático... mas é muito difícil que ele deixe linhas soltas que o levem a ele, ele planeja tão bem que é difícil pega-lo. O sociopata que também é assassino cria e recria o crime na sua cabeça infinitas vezes antes de executa-lo. Sim, é totalmente doentio! >.<
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lafayette
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2182
Data de inscrição : 08/07/2010
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/27/2012, 11:04 am

Eu já tinha ouvido algo sobre essa condessa, mas nunca cheguei a ler mais sobre. Li agora. Perturbadora a história.

Tem até um filme sobre isso, não? A Condessa de Sangue, acho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Natacha
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 284
Data de inscrição : 09/03/2012
Localização : Rússia

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/27/2012, 1:47 pm

Não conheço essa história da Condessa, vou dar uma olhadinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gabrielle de Lioncourt
avatar
Co-Adm
Co-Adm

Mensagens : 3389
Data de inscrição : 05/01/2009
Localização : Around The World

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   11/27/2012, 5:16 pm

Mallory, né verdade? Dá pra esquecer do Conde Vlad não. O cara merece um espaço de honra por aqui, faz um post sobre ele sim xD

Tem um filme sim Lafs, embora eu nunca tenha visto eu tenho certa vontade, porque a história dela é teensa.

_________________
“E assim, estendemos a mão para o caos furioso, apanhamos alguma coisa pequena e brilhante e nos agarramos a ela, dizendo para nós mesmos que ela tem significado, que o mundo é bom, que não somos a encarnação do mal e que no fim iremos pra casa.”

-
-
-

"Estaria sempre dividido. Sempre haveria a dor. Dor e prazer interligando-se e moldando-o, mas um, na verdade, jamais se sobrepondo ao outro; nunca haveria paz."



Assinatura


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.thesenseofdoubt.blogspot.com/
nimb
avatar
Daniel (50)
Daniel (50)

Mensagens : 89
Data de inscrição : 26/09/2011

MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   6/28/2014, 2:43 am

Sei não, mas acho que aquela Avril Lavigne não envelhece de um modo bem bizarro... Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://brabizarro.blogspot.com.br/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Vampiros da Vida Real   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Vampiros da Vida Real

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Luizão Maia na música "Vida Real"
» Curiosidades interessantes da vida de Michael Jackson
» BRUTEFORCE - Lançamento do EP de estreia "Welcome To The Real World"
» Parabéns Fórum Contrabaixo BR - 1 Ano de Vida!
» Corda - Dúvida

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Ilha da Noite :: DIVERSÃO NOITE A DENTRO :: CHAT-