A Ilha da Noite

Para aqueles que amam o maravilhoso mundo criado pela Mestra inigualável Anne Rice. Lestat, Louis, Armand, Marius, Mayfairs, A Talamasca... Todos estão aqui.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/19/2010, 6:52 pm

Ok.

Vamos começar o nosso ansiado AMIGO OCULTO.

bounce Very Happy

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/19/2010, 6:57 pm

santa MINHA AMIGA OCULTA DE NATAL É A ÁGATHA DE LAMBERT!!! santa






COLD XMAS (Fan fic por Jaja de Lioncourt)


A nevasca era forte. O frio intenso. A imensidão branca da planície se estendia a perder de vista e sim, fazia arder os olhos!

Assim como a brava Pandora fizera há anos atrás por diferente motivo, a bela vampira loura de olhos verdes avançava com alguma dificuldade devido aos fortes ventos gelados.
Porém ela estava só. Ninguém a acompanhá-la. Ela mais uma vez não avisara a ninguém onde estava indo. Ignorava sempre o quanto era perigoso fazer aquilo. Afinal, tantos e tantos a persegui-la em todos esses anos... Leroy, Carlo... Tantos que sempre tentaram apanhá-la e até então, por sorte, talvez, falharam.

Dessa vez, a sua busca era outra. Não ia encarar tamanha privação quanto a temperaturas baixíssimas, ambiente árido e acima de tudo: a falta de sangue. Muito tempo sem. Já andava a começar a sentir-se sem forças. Mas a busca, sentia em seu íntimo, valia à pena! Se encontrasse o pequeno vilarejo...

A região ao norte da Noruega era eternamente fria, mas naquela noite em especial, 24 de Dezembro, estava realmente demasiada fria e só não estava escura devido à brancura da neve por todos os lados.

Finalmente viu ao longe o topo de pontudos telhadinhos em um vale no meio da neve. Várias chaminés expelindo fumaças de suas prováveis lareiras.

Chegou mais perto e colocou todo o seu poder telepático de vampira para rastrear algum perigo ou animosidade. Porém só sentia um ambiente leve cheio da mais completa felicidade.
Não entendia como, em meio a essa região tão inóspita, as pessoas poderiam se sentir tão leves de espírito. Mas era isso que acontecia.

Entrou no vilarejo por uma viela deserta lateral. Limpíssima por sinal. Passando pelas casas, via enfeites natalinos e não existia uma delas que não tivesse a sua porta uma coroa de azevinho e um pinheirinho enfeitado em seu pequeno jardim.

Começou a ouvir então um canto de um pequeno coral que vinha de um pouco mais à frente. Avançou e deu com uma bela pracinha onde praticamente se reunia toda a cidade no torno de um coreto onde umas vinte pessoas entoavam cânticos natalinos.

Ao lado do coreto, esculpido em gelo ela viu o presépio mais lindo que já tinha visto em vida e morte! De uma beleza estonteante. Figuras tão humanas e perfeitas que ela se sentiu fortemente encantada por tamanha formosura.

Depois de ficar ali parada assim como que hipnotizada por uma tempo enorme, com os olhos fixos no presépio, foi abordada por um casal de velhinhos simpáticos. Teve que controlar a sua enorme sede de sangue, conseguindo. Via que escurecia e que as pessoas já estavam se retirando para um galpão do outro lado da praça. Ao lado da igreja. Vinha dali delicioso cheiro de comidas natalinas.

“Filha, venha. Junte-se a nós na ceia e em nossas orações nessa noite fria e bela. Hoje é uma data muito especial.” Pegou a mão de Ágatha que se deixou levar para dentro do ambiente acolhedor, onde mesas estavam servidas com os mais variados quitutes natalinos.
“Sua mão está gelada, querida” disse a velhinha. Você andou poor muito tempo para chegar aqui, não? Me admiro de ter conseguido.”

Só conseguiu perguntar finalmente quem era o brilhante escultor que fizera o magnífico presépio da praça.

“É o presépio mais lindo que já vi, Senhora” disse com sua mais melodiosa voz. “E olha que eu sou uma pesquisadora profunda de Presépios e já rodei mundo pesquisando e catalogando sobre eles.”

O casal simpático riu e a informou que o verdadeiro autor da escultura estava para chegar a qualquer momento.Ele não tinha participado da reunião da praça.

“Ele nunca aparece na exibição do coral. Mas a ceia nunca deixa de vir, distribuindo presentes a todas as crianças do nosso vilarejo.”

Após sentar-se a uma grande mesa em meio a outros cidadãos, obviamente sem ter tocado na comida e bebida, apenas aquecendo-se perto do fogo da lareira e cozinha e aproveitando o delicioso momento natalino de pensamentos alegres e felizes das outras pessoas ali presentes por bem uma hora ela ficou alerta com uma presença.

Outro vampiro se aproximava! Mas não sentia vindo dele nenhuma animosidade, apesar dos seus pensamentos estarem fechados a ela.

“Quem será?” pensou. “Aqui nesse fim de mundo no meio dessas pessoas tão maravilhosas...” Estava agora ligada somente a porta e ao movimento da pessoa que apareceria em instantes por ali.

Viu então. Estava vestido com roupa de Papai Noel caprichadíssima. Uma pessoa que certamente não seria reconhecida por ninguém.

Os olhos, porém, não disfarçavam o que a pessoa era. Um vampiro, lógico. E ela o conhecia. Dava gostosas risadas típicas e distribuía presentes a todas as crianças que agora o cercavam.

“Ho-ho-ho. Um Feliz natal a todos!” E lá ia ele esvaziando um pesadíssimo saco branco.
Uma hora depois sentou-se a mesa principal e chamou Ágatha com a força do pensamento: “Venha. Sente-se aqui comigo, querida irmã de sangue.”
Ágatha seguiu para a mesa um pouco insegura. Não podia ser ele. Ela o deixara há umas cinco noites atrás no Cabaret Francês.

Mas era ele sim. Jaja de Lioncourt.

“Não sabia dessa sua diversão natalina, meu nobre.”

“Pois é” disse o velho vampiro divertido. “Sinto o meu coração mais leve todo o ano quando chega essa época. Uma cidade erma no fim do mundo é o lugar ideal para esvaziar a minha tão pesada consciência de todas as mortes que causo para me alimentar durante todo o ano. É a típica cidade européia que tem a cara de uma gravura de Natal atemporal que sempre amei.”

“E deixe-me adivinhar” disse a bela vampira. “O presépio na praça foi feito por você”.
“Alguma dúvida quanto a isso? Dá trabalho encantar toda a cidade de modo que na noite do dia 23 ninguém apareça na praça, todos dormindo profundamente de modo que eu possa trabalhar sem ser importunado.”

“E quanto a sua sede de sangue?” perguntou a vampira que já começava a se sentir definitivamente sedenta.

“Vale o sacrifício” piscou alegremente o vampiro. “Me empanturrei antes de vir para cá e amanhã logo ao cair da noite irei embora. Nem os marginais da cidade eu ataco. Amo o espírito natalino e essa época do ano. As celebrações nessas cidadezinhas são especiais para mim!” ele pousou o braço de leve sobre o ombro da vampira, sentindo-a fraca, sedenta de sangue. “Venha. Morda o meu pulso discretamente e sugue rapidamente o que puder e sinta o calor emanado por essas boas pessoas daqui.”

Fingindo que estava ajeitando e limpando algo nos cabelos longos da vampira e encobrindo o pulso da sua outra mão com ele, enfiou por breves segundos o pulso na boca da vampira. Esta rapidamente sugou o que conseguiu. Sentiu-se então aquecida e mais forte que nunca. Também começou a sentir uma paz que nunca sentira entrando no espírito natalino que o vampiro ao seu lado tanto apregoara.

"Maravilha! Se for possível passarei a fazer isso todos os anos."

“Sim” disse o vampiro “É uma idéia encantadora, não? No primeiro ano deixarei você me acompanhar, mas a partir dos outros anos faça por sua conta. Descubra o seu vilarejo pelo mundo e faça o seu Natal valer à pena.”

Ágatha sentia-se maravilhada com a idéia. Com certeza tentaria fazer isso todos os anos.

“E lembre-se, bela vampira. Nada de se alimentar em uma data tão linda como essa. Não vale a pena mancharmos de sangue um lugar tão belo.

Ergueu-se de repente com sua taça de vinha na mão e com voz forte dirigiu-se a todos no salão:

UM FELIZ NATAL A TODOS !!!

Há anos Ágatha não se sentia tão feliz naquela data. Nem quando era viva.



***************************************************************************

ALÔ GALERA DO "ILHA DA NOITE". UM FELIZ NATAL E UM MARAVILHOSO ANO-NOVO A TODOS !!!
santa cheers lol!

_________________
Bebe comigo?



Última edição por Jaja de Lioncourt em 12/19/2010, 7:06 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/19/2010, 7:01 pm

Só pra lembrar:

Agora a Ágatha posta para o AMIGO OCULTO dela, e aí segue a brincadeira!

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Ágatha de Lambert
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 184
Data de inscrição : 02/05/2010

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/20/2010, 2:08 pm

Bom, cá estou enfim! Primeiro quero agradecer o presente do Jajá... foi maravilhoso...obrigada!
Também quero desejar um Feliz Natal à todo mundo... e que o ano que virá, seja melhor que este...
MinhA AmigA secretA, é...... Gabrielle de Lioncout...
Peço muitas desculpas pela simplicidade do presente...foi o melhor que pude fazer... mas... espero que goste...


Última edição por Ágatha de Lambert em 12/20/2010, 2:10 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://banalnadabanal.blogspot.com/
Gabrielle de Lioncourt
avatar
Co-Adm
Co-Adm

Mensagens : 3389
Data de inscrição : 05/01/2009
Localização : Around The World

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/20/2010, 6:12 pm

Cá estou eu... obrigada pelo presente, Ágatha! Os slides ficaram lindos Wink

___________________________________________________________________


Então, essa fic é dedicada ao meu adorável amigo oculto, o Surfelipe.

Não sei se você vai gostar Felipe, mas tentei fazer algo razoavelmente bom! :-p
_________________________________________________________________

Hábitos Humanos e Suas Funções (sim, eu não sei dar títulos)


- Cláudia, a faca deve ficar na sua outra mão.

- Assim?

- Isso, assim mesmo. O garfo é sempre na mão esquerda, e a faca na direita, de acordo com o uso correto.

Lestat observava a cena com um ar muito confuso; Claudia sentada na mesa, com um prato de comida diante de si, segurando
o garfo e a faca; Louis ao seu lado, igualmente com o prato de comida, ensinando-a como era a posição correta dos talheres de prata.

Observou por mais um tempo que ambos continuavam nessa atividade. Sem poder mais refrear sua curiosidade, entrou na sala
de jantar nunca usada por eles:

- Louis?

- Lestat, não tinha ouvido você chegar! Veio cedo hoje. - cumprimentou Louis quando Lestat apareceu na porta. Claudia acenou-lhe
afetuosamente, mas não disse nada.

- Eu cheguei mais cedo hoje... Louis, o que exatamente vocês dois estão fazendo? - disse Lestat, arqueando uma sombracelha.

- Louis está me ensinando a usar talheres de prata adequadamente. - disse Claudia, sorrindo e mostrando os dentinhos afiados.

Lestat esperou ambos dizerem alguma coisa, mas como o silêncio persistiu, ele acabou perguntando:

- E por que exatamente vocês estão fazendo isso? – ele disse cautelosamente, como se Claudia e Louis fossem incapacitados mentalmente para entender sua pergunta.

- Como assim por que, Lestat? – disse Louis com espanto. – Ora, e se Claudia precisar ir em algum restaurante grande e não saber como usar os talheres? O guardanapo vai no seu colo, Claudia. – voltou-se para a jovem vampira.

Lestat deu um suspiro fundo, e sentou-se ao lado de Louis:

- Louis, você está bem esta noite?

- Estou ótimo, Lestat.

- Tem tomado sangue de ratos novamente?

- O quê?

- Louis, caso você tenha se esquecido, Claudia é uma vampira como você. Ela nunca vai precisar saber como é o uso correto de garfos de prata... porque simplesmente ela nunca vai precisar usá-los! – disse Lestat, como se explicasse algo muito complicado a um cachorrinho de estimação.

- Ah Lestat – Louis abanou a cabeça – Não seja tão simplório! Só porque Claudia não precisa comer, não quer dizer que ela nunca precise usar o conhecimento de manter garfo e faca com a devida etiqueta!

Lestat jogou a cabeça para trás na cadeira, mas voltou a olhar na direção de Louis:

- Claro, Claudia pode ser uma legítima dama e convidar suas vítimas para um último grande e adorável banquete, e deve saber a forma correta de usar garfos e talheres de prata!

- Lestat, simplesmente não dá pra falar com você. – Louis revirou os olhos, contrariado, e saiu da sala, dizendo a Claudia – Mais tarde continuamos, querida.

- Tome cuidado com o que Louis diz, Claudia, ou logo estará lamuriando-se pelas noites como ele.

- Vocês dois são impossíveis – Claudia disse com uma risada gostosa, para em seguida levantar-se e ficar ao lado de Lestat:

- Vou sair para caçar, Lestat. Depois eu volto, se puder diga isso a Louis.

- Se ele voltar eu digo, querida. – disse Lestat, afagando-lhe os cabelos, antes dela se afastar.

“Ainda não vejo função para isso” – pensou Lestat, antes de sair da sala.

Alguns dias depois, como membros da alta sociedade de New Orleans, os três vampiros foram convidados para um elegante jantar em uma das casas mais ilustres da cidade. Não ficaria bem faltar a esse compromisso, e não poderiam simplesmente chegar mais tarde, então foram obrigados a ir durante a hora do jantar.

Durante o banquete, Claudia, como na maioria das vezes, foi o centro das atenções. Todos admiravam sua beleza singular para uma criança tão pequena, e sua educação, desde o modo de falar ou pela maneira como segurava corretamente os talheres de prata.

- Eu falei que um dia ia ser útil. – disse Louis em voz baixa, sentado ao lado de Lestat na mesa.

- Fique quieto Louis – disse Lestat, revirando os olhos, mas com um sorriso brincando nos lábios; talvez hábitos humanos não fossem assim tão inúteis.



Fim
_______________________________________________________________________

Então é isso, espero que tenha gostado ^_^

Não sei se ficou lá muito boa por que eu nunca escrevi fic dos três antes disso (só fic Lestat/Louis como casal, e se fosse pra uma das meninas ainda vá, mas não ia fazer fic assim pra você, kkkkk), mas eu tentei. Até vi um tutorial no YouTube de maneira correta de usar talheres; acredito que tenha mudado as regras de agora pra dois séculos atrás, mas vamos fingir que não, ok? KKKKKKKKKKKKK

Então, feliz amigo oculto! \o/

_________________
“E assim, estendemos a mão para o caos furioso, apanhamos alguma coisa pequena e brilhante e nos agarramos a ela, dizendo para nós mesmos que ela tem significado, que o mundo é bom, que não somos a encarnação do mal e que no fim iremos pra casa.”

-
-
-

"Estaria sempre dividido. Sempre haveria a dor. Dor e prazer interligando-se e moldando-o, mas um, na verdade, jamais se sobrepondo ao outro; nunca haveria paz."



Assinatura


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.thesenseofdoubt.blogspot.com/
Felipe Almeida
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1079
Data de inscrição : 30/04/2010
Localização : Rio De Janeiro

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/20/2010, 8:28 pm

Ahhhhhhhhh, eu ADOREI Gabs, muito obrigado !!!
Nossa, vc foi pesquisar, isso é que é uma amiga dedicada !!!! Ficou excelente,
me diverti muito lendo. Não pare de escrever !!!!!

Espero que você e sua família tenham um feliz natal, repleto de luz e amor.


Bem, vamos dar continuidade. Minha amiga oculta é a Danni. Então, aqui vai, um presente meu
e de um amiguinho nosso !!!




Espero que goste Danni !!!! Uma Feliz Natal !!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://magicpaper.tumblr.com/
Danni de Lioncourt
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 733
Data de inscrição : 21/07/2010
Localização : New Orleans, Louisiana. EUA

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/20/2010, 9:11 pm

Ahhhhh, perfeito, Felipe. Perfeito! Obrigado pelo presente, realmente eu o amei. Já o salvei aqui ♥

Primeiramente um Feliz Natal à todos...
E bom, agora vou entregar meu (simples) presente... Eu tirei a Lucy Westenra


Lestat:


Khayman:



Bom, espero que goste. São simples montagens, mas são de coração, rs.

Um Feliz Natal, novamente. santa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://astrescorujas.blogspot.com.br/
Convidado

Convidado


MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/20/2010, 11:17 pm

Para os cristãos e os apreciadores da data, Feliz Natal.

[Gritos Histericos modo on]
AAAAAAAAAAAAAAAAAAA
gOSTEI, Amei, Adorei.
[Gritos Histericos modo off]

Por incrivel que pareça meus personagens preferidos da Anne são lestat e Khayman, amei a art e por essa incrivel conhecidencia amei ainda mais.

Esse vai para minha Amiga oculta, Nanda.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Nanda
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2174
Data de inscrição : 20/12/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/21/2010, 12:34 am

Primeiramente quero desejar a todos os membros
um feliz Natal e um perfeito Ano Novo,que venha mais
novidades da Sra.Rice (q a Rocco relance TODAS as
outras capas q faltam rsrs), com muita paz e alegria!

A minha Amiga Oculta eh....


Ariel Castaneda!

Espero q goste d art ;D

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nanda
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2174
Data de inscrição : 20/12/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/21/2010, 12:37 am

P.S: Lucy amei a art, mto obrigada XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ariel Castaneda
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 717
Data de inscrição : 24/03/2010
Localização : Jardim da criação - de frente para a árvore da vida.

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/21/2010, 9:12 pm

Vejam meu anjinho de asas negras aí!!! Coisa linda.
Obrigada, Nanda, meu personagem favorito, logo na época mais carente do ano.

E meu amigo oculto é...
Lafayette!

Aprendi a mexer no photoshop só para fazer seu presente. É de coração mesmo!

Feliz natal, feliz fim de ano, um início de ano melhor ainda!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.arieleoverbo.blogspot.com
Lafayette
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2182
Data de inscrição : 08/07/2010
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/21/2010, 10:18 pm

Ah, obrigada Ariel, adorei *-*
Nossa, aprendeu a mexer no photoshop só para fazer o meu presente! Que dedicação! Adorei, ficou lindo cheers


Bem, primeiramente eu gostaria de desejar um Feliz Natal de um ótimo Ano Novo para todos Very Happy

E.. o meu amigo oculto é a K.Foxy!

Fiz um desenho de você com o Lestat, espero que goste xD

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2248
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/21/2010, 10:34 pm

Adorei Adorei Lafa, ADOREI !!
Só que eu sou ainda mais baixinha quiço .-.


Agora sim... vamos aos meus tão comentados presentes né?

Minha amiga oculta como vocês devem saber já, é a A & J
E eu fiz o melhor que pude pra ela.

Fiz duas imagens e uma fic/poema.


-----------------------------//----------------------------------









Louis estava em sua escrivaninha...
Na casa onde ele,David e Lestat moravam.
Tudo estava diferente desde os últimos acontecimentos.
Lestat já não era o mesmo...

Louis escrevia, David lia e Lestat... ouvia a mesma música... Sempre e sempre.
Isso já estava incomodando o suficiente... Talvez ele devesse se mudar? Não, ele não deveria. Depois de todos esses anos. Mais do que nunca. Lestat estava vulverável.

Louis teve uma idéia...
Enquanto Lestat estava deitado em sua cama, Louis sentou-se ao seu lado.
E começou a ler as poucas coisas que tinha escrito enquanto pensava no estado de seu mais velho amigo.


O Principe que nunca dorme...


A cada noite morrem mais em seu caminho.
A cada noite é mais sozinho.
Perco-me em sonhos quando lhe espero.
Ele me fez e é meu protetor.
Meu algoz e criador.
Meu Lord, minha morte e devoção.

Lestat, Meu criador.

Deu-me seu sangue, em vida e morte o meu tomou.

Lestat, meu sonho mais sombrio.
Ele culpa e perdoa. Lestat que me criou.
A ele eu trai.
Por aqueles lindos olhos e cachos angelicais.
Lestat, me perdoa. Ela já não existe mais.
Outro anjo sua vida levou.
Um outro anjo a quem você salvou.

Lestat me ensinou, que sofrimento também é amor.

Não fujas meu amor, estou tão triste.
O vermelho brota do verde em meus olhos.
Os olhos que até você encantaram.
Maldita beleza que fez com que se aproximasse.

Lestat, meu mais querido amor.

Ele é inevitável e inconfundível.
Tantas vezes me salvou.
Entre feras e perigos.
Mas, meu perigo o despertou.
E novamente em seu sangue minha vida ele guardou.

A ele não se pode prender, nem governar.

Lestat, em seu Jardim Selvagem, nos conservou eternamente jovens e belos.

Divino amor, não se perca entre anjos e demônios.
Deixa-me ser teu anjo, que te traz em asas seguras a razão.
O príncipe não deve perecer.
Lestat, o mais profundo amor.

Volta comigo. O sangue nos espera.
Rosas e risos estão a tua volta.
Sua música continua a tocar, volte meu Lestat.

Mesmo que outros se percam, mesmo que o tempo passe mais do que pode passar.
Você não pode sucumbir. Precisa estar aqui.
O fim do mundo vai precisar de teus aplausos e sorrisos.
E eu, mais do que nunca preciso de ti caro amigo.


- Oh,Louis. Então você ainda me ama?Ou melhor, você me ama Louis?
- Como não te amar? Você é o coringa nesse jogo querido. Você quebra todas as regras e barreiras. E sim... Sem você a vida seria muito mais entendiante. Eu o amo. E você não pode mais pernanecer assim. Seja o Principe Moleque novamente. Vamos viajar, vamos caçar... Vamos fazer tudo que você sempre cobrou de mim. ' Vamos viver a vida, Louis' você dizia. Agora eu digo. Vamos viver Lestat !

Louis em um gesto que não lhe era natural, abraçou Lestat com uma intensidade que teria partido um mortal ao meio. Mas Lestat, apenas sentia o amor reprimido de seu velho amante.
David que passava pela porta... " Louis e Lestat. Um verdadeiro amor completo."




Feliz Natal, vampirinhos e vampirinhas queridos !!! santa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/22/2010, 9:25 am

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH *faz um "ooooown" bem alto*
Foxy, eu AMEI! As imagens ficaram lindas, e eu adorei as citações que você escolheu, citações que mostram o meu casal favorito em sua plena forma.
E a fic/poema ficou lindo! Adorei mesmo... Vou salvar tudo aqui no meu computador... Muito obrigada! ^^

Bom, meu amigo oculto já é meio óbvio, né. Não tem mais ninguém, então não dá pra fazer suspense. So, vou logo dizer.
Com a honra de terminar o nosso querido Amigo Oculto de 2010, eu entrego meus presentes à Jajá de Liouncourt! cheers

Fiz uma imagem simples e uma fic, onde fui abusada o bastante para entrar na pele de Lestat e escrever como ele.



(era pra ser com fundo transparente, mas o flickr tirou isso, então coloquei com fundo da cor do fórum. Se quiser o que tem fundo branco clique aqui..)


Entre o fim e o começo


Aqui está algo que eu não contei antes. Foi uma noite intrigante, realmente, mas não acho que deveria estar nos livros. De qualquer forma, me disponho a contá-la agora.
Era 1984, ano de minha Ressurreição, quando comecei minha caminhada para tudo o que aconteceu desde então, o que não foi pouco. Entre ficar com os mortais de minha banda e crescer para ser o verdadeiro astro de rock que me tornei, eu encontrei uma interessante criatura perambulando por minha cidade em uma noite.
Soube que era uma vampira instantaneamente, assim que a vi me observando, com certeza sentindo o mesmo sobre mim. Estávamos próximos a um bar, para onde eu me dirigia para me encontrar com meus amigos mortais. Eu sorri para ela. Era linda, realmente linda. Cabelos longos, escuros, e uma pele branca que deixava as madeixas destacadas. Senti afeição vindo dela, apesar de não poder dizer porquê. Bem, eu sabia que poderia encantar qualquer um, mas uma imortal como ela saberia esconder isso de mim; obviamente, ela não queria isso. Talvez algo em minha autobiografia ou minha música tenha chamado sua atenção.
Então eu percebi que isso poderia ser verdade. E poderia não ser nada bom. Eu ainda não havia encontrado um único vampiro que não estivesse furioso comigo por ter contado o que eu contei; por ter nos revelado. Ela poderia estar fingindo sua afeição; e nós estávamos tão próximos de meus frágeis mortais...
Ela balançou a cabeça negativamente, sorrindo um pouco. Deve ter adivinhado meus pensamentos quando eu olhei para o bar, temeroso. Ou talvez os tivesse ouvido em minha mente mesmo. Naquela época eu não era muito forte.
Ela se aproximou lentamente, seu sorriso aumentando só um pouco, e quando pude vê-la melhor, percebi que suas feições estavam tristes. Ela sentia afeição, sim, mas estava triste também, definitivamente.
- Prazer, chérie. Posso fazer algo por você, minha bela?
Ela riu de leve. Levantou a mão até uma mecha loura de meu cabelo e o colocou para trás. Não pude saber se aquele era um gesto romântico ou maternal.
- Lestat – ela disse, com voz suave. –, você já fez mais do que devia.
- Mas não mais do que posso, estou certo.
Ela riu novamente, de leve.
- Sim, você ainda pode fazer muito mais. E sei que irá. Mas por mim, você já fez algo grandioso. Trouxe-me memórias queridas, atiçou minha imaginação, me deu arrepios.
- Minha escrita pôde fazer isso, ou foi minha voz?
- Sua voz também me dá arrepios, querido. Mas sua escrita teve um significado diferente para mim. Um certo momento em seu livro significou para mim mais do que você imagina.
- Fico feliz em ter-lhe agradado.
- E eu, agradecida. Só tome cuidado, Lestat. Talvez você não tenha consciência do que pode acontecer a partir de agora.
- Você realmente acha que eu me importo?
A tristeza em seu rosto sumiu em um momento de diversão, antes de volta a se instalar. Ela abanou um pouco a cabeça, como se eu fosse uma criança que tivesse feito uma doce e engraçada estupidez. E talvez fosse isso o que ela pensasse.
- Adeus, Lestat. Tenho o sentimento de que ainda nos encontraremos.
Eu pisquei para ela e andei para o bar. Quando já estava na porta do estabelecimento, eu tive a grande surpresa de perceber quem era a vampira. Virei-me a ponto de vê-la desaparecer na escuridão e ouvi seu riso. Pandora.
Claro que meu encontro com Marius a fez lembrar de seu passado. E ela era mais velha do que eu; talvez, se aquilo não estivesse em meu livro, ela não tivesse motivo para não me matar. Talvez Marius tivesse acabado de me salvar da morte. E eu jurava que ele desaprovava tudo o que eu estava fazendo, e que talvez ele mesmo me matasse se tivesse algum incentivo. Quanta ironia.
Foi interessante lembrar disso quando a encontrei, depois de tudo o que aconteceu. Foi... calmo. Como se só o fato de olhar para ela me dissesse, “tudo vai ficar bem”.
O que há mais para dizer? A história está contada.
Eu já disse isso?
Lestat de Liouncourt, 2010


Espero que eu tenha acertado quanto à seus personagens favoritos, rs.
Feliz Natal Jaja, e todos do fórum! Muitas felicidades, presentes, sangue e amor. Adoro fazer parte desse lugar! ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   12/22/2010, 1:54 pm

UHÚÚÚÚÚÚÚÚÚ8!!!

A-M-O- a Pandora (Tio Romanus que me perdoe Wink

Amei o presente querida Ariane!!!! Art e Fic. Super especiais (assim como a pessoa que o fez)!!!

Mas o maior presente de Natal mesmo foi ter conhecido pessoas tão incríveis e talentosas como vocês, amigas e amigos queridos desse Forum! I love you sunny

Um beijão no coração de cada um e um Feliz Natal e aquele Ano-Novo super especial. santa

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

AMIGO OCULTO DE NATAL - 2010

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Feliz natal a você que está preso? (One comédia)
» Melhores albuns de 2010
» 23.01.2010 REPORTAGEM - Bizarra Locomotiva + Moonspell ( FIL )
» 2010.03.26 - Monsters Of Thrash - Metalpoint
» Inscrições para EMESP disponíveis desde 01/12/2010

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Ilha da Noite :: VIRANDO VAMPIRO :: BAILE DOS VAMPIROS-