A Ilha da Noite

Para aqueles que amam o maravilhoso mundo criado pela Mestra inigualável Anne Rice. Lestat, Louis, Armand, Marius, Mayfairs, A Talamasca... Todos estão aqui.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Cabarét Francês

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   11/24/2010, 10:33 pm

— Desculpem-me, não queria incomodá-los — disse a mortal acanhada. — Meu nome é Angélique Thierry.
— Nome interessante — disse Ariane, se lembrando de que leu em algum lugar que Angélique significava "como um anjo" e Thierry, "dádiva de Deus".
— Sim — disse a mulher, se virando para a única vampira que parecia recebê-la bem. — Desculpe, eu realmente não quero irritá-los — disse isso observando Foxy com o canto do olho — Não é de nosso feitio... nos intrometer assim, mas...
— Claro que não — murmurou Ariane, sorrindo irônica. — Por favor, continue.
— Bem... Antes, posso fazer uma pergunta?
Ariane assentiu. Angélique fez um gesto sutil com a cabeça, indicando que a pergunta era particular; mas nada impedia que os outros vampiros a ouvissem.
"Você é Ariane Nascimento, a mesma que já...?"
— Sim — a vampira respondeu alto, com um sorriso leve. Olhou para os outros, se perguntando quem teria captado a informação sobre ela contida na mente da mortal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6571
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   11/24/2010, 10:58 pm

Agora os olhos de cor indefinida de Jaja brilharam...

A estranha sabia o segredo de Ariane!!! A coisa estava ficando cada vez mais interessante.

- Fale mais , Cherrie. Não tenha medo...por enquanto você está segura.

O charme hipnótico do Vampiro era capaz de seduzir a qualquer mortal comum. Funcionaria com uma Talamasca?

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   11/25/2010, 1:17 pm

Ariane sorriu. Eles não sabiam. Deveria contá-los? Não achava importante, mas e se a abandonassem por isso? Não, não era algo tão ruim assim. Ou era? Foxy parecia não gostar da Talamasca. Isso era perigoso para Ariane.
A vampira se conteu, percebendo que todos escutavam seus devaneios. Mas já era tarde. Não captaram nada de sua mente, mas sim da mortal. Ora, era demais esperar que ela resistisse ao "apelo" de Jaja, não era? Era uma Talamasca, mas era mortal. E se Monsieur de Liouncourt conseguia seduzir outros vampiros, seduzir e hipnotizar mortais seria a coisa mais fácil.
Angélique olhou para Ariane, pedindo desculpas em silêncio, sabendo que agora, todos já sabiam do que Ariane parecia querer esconder.
— Sim, sim, mes amis, é isso mesmo — disse Ariane, baixando os olhos e suspirando. — Eu já fui um deles. Eu já fiz parte da Ordem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   11/25/2010, 5:59 pm

- Não se sinta intimidada minha querida - disse Foxy se voltando para Ariane e sorrindo amigávelmente.
-Meu problema com a ordem é terrivelmente pessoal.... pessoal com alguem de dentro da Ordem. Um dia quando estivermos em tempos de paz, posso lhe contar melhor essa história. Mas garanto, que esse problema a muito está resolvido. O meu desafeto dentro do Talamasca, morreu. Sinto dizer que não tive participação nisso. Morreu de velho. Parte do acordo.... - dizendo isso, seus olhos pareceram ficar vermelhos.. Lágrimas de sangue se formavam nos seus belos olhos negros .

-Mas, garota da Talamasca, pode dizer a que veio até aqui. Um pouco longe, não? Deve estar cansada, você deve querer beber ou comer algo. Peça para aquela adorável atendente. Nem mesmo o louco mais desvairado se atreveria a machucar você na nossa presença. Se acalme e diga o que poderia ser esse perigo que corremos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   11/26/2010, 2:56 pm

Angélique, claramente aliviada, assentiu e pediu um copo d'água.
Ariane observava Foxy cautelosa, curiosa com a lágrima que se formou nos olhos da vampira. Com certeza, aquela era uma história que ela gostaria de ouvir. Talvez estivesse perto disso.
Angélique olhava para Ariane com o olhar um pocuo perturbado. Ariane sorriu sarcasticamente e perguntou:
— Quando vocês descobriram?
— Há alguns meses — respondeu a mortal. — Você... conseguiu nos enganar por um bom tempo. Realmente achávamos que estava morta. Mas isso não importa agora — ela desviou o olhar e, recuperando a postura, voltou a ser o membro da Talamasca que devia. — Estou em uma missão de aviso. O perigo que vocês enfrentam é exatamente o que vocês correm atrás para enfrentar. Carlo, o vampiro que vocês querem matar...
— Como você sabe disso, chérie? — Jaja perguntou.
— Nós soubemos disso pois estávamos observando Ariane desde que descobrimos sua verdadeira condição.
Ariane não mostrou surpresa. Ela assentiu, como se para mostrar que ela já sabia disso, que não havia problema.
— Mas você não nos ouviu aqui nas últimas noites — disse Jaja. — Não poderia.
— Não... Eu descobri isso ao interceptar a vampira Ágatha quando ela saiu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
Ágatha de Lambert
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 184
Data de inscrição : 02/05/2010

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/10/2010, 9:10 pm

A ventania que tomara conta da noite, levava consigo uma grande quantidade de poeira, e Ágatha lutava contra este tempo ruim para voltar ao Cabarét, e dizer o que havia acontecido, depois destas dificuldades, avistou a bela e iluminada porta do local, por algum motivo seus sentidos estavam mais aguçados... bem mais aguçados, e isso acontecera de forma rápida, ela conseguia ouvir seus companheiros dentro do Cabarét, e conseguia ouvir seus pensamentos, relutou um pouco em entrar, pensava: " E se eu os colocar em risco?", porém esse pensamento preocupado era passageiro, pois sua sede de vingança era maior. Enfim... entrou, e feito isso, voaram guardanapos, taças, e corpos, tudo se agitou quanto sentiram sua presença. A jovem caminhou lentamente até a mesa, sua fronte estava indiferente, e seus modos sutis, um tanto diferente de antes.
-Mon cher, todos e mais alguns, pelo que vejo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://banalnadabanal.blogspot.com/
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6571
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/13/2010, 12:53 am

O vento frio que veio da porta fez com que todos ali ohassem naquela direção.

A bela vampira parada na soleira parecia tranquila mas o seu olhar a traía.

"Hmmm... aí tem coisa" pensou Jaja.

- Muito bem, Chérie... Sente-se aqui ao meu lado e conte o que houve que você sumiu por tanto tempo.

O velho vampiro empurrou com o pé a cadeira ao seu lado e com um gesto exagerado convidou a recém chegada a vir para a mesa deles.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/13/2010, 10:54 am

Ariane tentava esconder um sorriso maldoso quando via o susto da mortal Angélique ao ver Ágatha. Ela se perguntou como teria sido a conversa da Talamasca com a vampira; como a mortal descobriu que planejavam vingança contra Carlo.
— Bem — Ariane disse. — acredito que podemos entrar em um acordo aqui, agora. Angélique, conte-nos o que Carlo pode oferecer de perigoso para nós. Mas isso não quer dizer que irá nos impedir de ir atrás dele.
— Sim... — a humana murmurou, observando Ágatha enquanto ela se sentava. — O perigo à vocês é que Carlo não está sozinho.
— Sabemos disso — Ágatha disse, um pouco nervosa.
— Não — Angélique continuou. — Não falo de vampiros. Ele está acompanhado de outro ser sobrenatural; um que realmente pode ser perigoso para vocês. E...
Ariane captou um pensamento da mortal.
— E você estão mais preocupados com a possibilidade de nós matarmos esse ser, não? — Ariane disse, sorrindo.
Angélique quase corou. Sim, era isso mesmo. O medo por nós existia, mas a Talamasca não queria perder um objeto de seus estudos.
— E que ser é esse, ma petit? — Jaja perguntou.
Angélique observou todos, abrindo sua mente e esperando que alguém falasse por ela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/13/2010, 1:13 pm

Foxy estava muito curiosa sobre o perigo que poderiam vir a enfrentar.
Faziam anos e anos que não entrava em uma aventura tão perturbadoramente misteriosa.

Finalmente a pequena Ágatha tinha retornado e poderiam finalmente descobrir o que o tal Carlo poderia oferecer de perigoso.
Mas a declaração da jovem mortal tinha causado uma leve perturbação em seu interior...
" Sobrenatural ela disse.... mas que tipo de criatura? Lobisomens? Fantasmas? Vamos, fale logo!"
Seria educado entrar na mente da jovem?
Não seria.... mas seria preciso?

- Vamos querida... nós temos a eternidade para esperar, mas não paciência eterna... - tentou parecer simpática, não assustadora... não deu muito certo.

Mas quando a jovem mortal ia falar quais criaturas acompanhavam o vil Carlo, uma ventania misteriosa castigou as paredes do Cabaret.

Todos os imortais ali presentes se olharam como se pudessem sentir uma força estranha e sobrenatural chegando...
Foxy mal teve tempo de se virar antes da porta ser jogada a metros de distância...
-Mas o que ? - ela disse, enquanto agarrava o braço de Angélique e a empurrava para perto do grupo maior de imortais...

Tinhamos chegado em um ponto crucial. De tanto esperar os inimigos chegaram a nossa porta... Seria agora que teriamos de lutar?
Contra o que?
A mente de Foxy dava saltos e saltos tentando descobrir que ser teriam que enfrentar...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
Ágatha de Lambert
avatar
Louis (100)
Louis (100)

Mensagens : 184
Data de inscrição : 02/05/2010

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/20/2010, 3:54 pm

--Podem... antes de tudo... me ouvir apenas um minuto? - Disse Ágatha ofegante, enquanto todos consentiram com a cabeça.
--Eu acho que vocês não deveriam ir atrás desse vampiro... não que não sejam capazes... mas porque me preocupo com vocês... e ele é muito forte, é o que lhes digo, agora, se me dão licença, vou desaparecer na noite, por anos e anos, todos me esquecerão... talvez eu retorne... talvez.... e talvez não... talvez lembrem meu nome, e apenas isso... não o que fui... ou o que fiz... só meu nome... foi bom beber e conversar com vocês. - E fez um leve aceno de cabeça... um sorriso meio torto podia-se ver em sua boca... e seus olhos brilhavam... muito. A jovem foi na direção da porta... lentamente... não esperando que alguém a chamasse, mas sim, sentindo pela última vez o cheiro do local, e dos amigos, enfim saiu, e sumiu, por centenas de anos, como a mesma disse que o faria. O que a fez sair assim... sem que ninguém esperasse? Já se afastara algumas vezes, porém por curto espaço de tempo, entretanto, agora, a jovem falava a sério. Ainda naquele dia, à porta, a vampira soltou sua frase, um tanto clichê... "Au Revoir", disse a francesasinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://banalnadabanal.blogspot.com/
Lafayette
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2182
Data de inscrição : 08/07/2010
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/23/2010, 4:28 pm

Os mortais que estavam no Cabaré olhavam apavorados os quatro vampiros que entraram violentamente no lugar, olhando tudo ao seu redor e finalmente encarando o grupo de imortais que estavam ao fundo. Lafayette podia sentir que aquele grupo de vampiros não estava sozinho, havia alguma coisa muito estranha os acompanhando. Um espírito poderoso, talvez, mas não saberia dizer ao certo.

Ágatha os deixara sem maiores explicações, fugindo pela porta de trás, mas Lafayette não conseguia ficar com raiva dela, apenas se preocupava com o que poderia estar a esperando do lado de fora.

Tentou contato com a mente dos outros vampiros. Seja lá o que fizessem, lutar ou seguir o conselho de Ágatha, deveriam fazer juntos. Mas antes que pudesse obter qualquer resposta, o vampiro moreno e forte que parecia ser o líder começou a andar em direção a eles. Com a porta da frente liberada, os mortais correram em direção à saída, gritando. Uma vampira asiática agarrou um jovem que passou perto dela e começou a beber do seu pescoço. O líder sorrindo, lhes disse:

- Pois vejam só quem eu encontro aqui! Ariane, lembra de mim, Leroy? Lafayette, lembra do nosso velho amigo Carlo? E aonde foi a fujona da Ágatha? Parece-me que fizeram novos amigos. Não sejam tão indelicadas, por que não nos apresentam? Assim poderemos ao menos saber quem estaremos destruindo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/23/2010, 5:03 pm

Ariane levantou em sobressalto assim que os vampiros entraram pela porta. Ao ouvir a voz de Leroy, sua fúria queimou em todo seu corpo, e ela não se preocupou em esconder isso.
Deu um passo para frente, para tomar a liderança - ou talvez para tentar matar Leroy no mesmo momento, ela não sabia - , mas Jajá a segurou pelo braço. Ele também parecia estar com raiva, porém um ar de superioridade em seu rosto fez a vampira checar seus pensamentos.
Jajá estava tentando descobrir se os vampiros sabiam quem ele era. E entendeu que aquilo era mais do que orgulho; ele tentava descobrir se os inimigos sabiam de sua capacidade de matá-los quase instantâneamente.
Parecia que não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6571
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/23/2010, 11:37 pm

Externamente Jaja mostrava uma calma fora do comum, mantendo-se sentado e segurando delicada mas firmemente o punho de Ariane.

Colocou os pés sobre a mesa, fazendo-se ainda mais confortável que antes e perguntou ao invasor.

- Você quer queimar logo ou prefere nos contar a sua história triste?

Ao mesmo tempo passava uma mensagem aos outros de que procurava ganhar tempo para Ágatha se afastar o máximo possível.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/23/2010, 11:51 pm

Foxy achou muito divertido... Ameaçem... Isso.
Que venham então, já estava na hora.
Mas Jaja insistia em esperar...Tudo bem. Vamos deixar que eles falem,que os humanos fujam e que a jovem consiga desparecer.

- Vocês estão esperando um convite mais formal do que o dado? - analisou-os...

Os machos pareciam um tanto mais velhos... seriam mais dificieis de liquidar. Mas... também não seriam um problema.

- Se vocês assim desejam... querem saber quem vai matá-los e por que antes de morrem?- um deles respondeu.
- Então que seu último desejo seja realizado. - disso o outro.

Aproximaram-se mais da mesa que o grupo de vampiros ocupava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
Lafayette
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2182
Data de inscrição : 08/07/2010
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/24/2010, 2:07 am

A vampira asiática começou a rir histericamente.
- Isso, se façam de desentendidos! Até parece que não sabem por que estamos aqui. Fingem que não sabem nada sobre nós, como se essas duas não tivessem contado parte do nosso plano para vocês, como se a gente não soubesse o que vocês vem tramando! Mas sinto muito, vocês já sabem demais e seremos obrigados a destruí-los! Quanta a Àgatha, podemos cuidar dela depois. - E avançou sobre Foxy.

Leroy a impediu antes que pudesse atacá-la, parece que alguém da mesa havia dito algo interessante a ele, via pensamentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/24/2010, 9:31 am

Ariane se assustou com o que captou dos pensamentos de Leroy. Ele mantinha no rosto um sorriso sarcástico e superior, e sua mente dizia que ele conhecia muito bem os truques de Jaja.... e que não se importava com eles. Aquela entidade, aquele ser sobrenatural que os acompanhava poderia protegê-los disso. Agora Ariane já tinha quase certeza que se tratava de um espírito. O que mais poderia ser? Parecia que o fato da vampira descobrir isso fez Leroy se deliciar, impedidno a vampira asiática de atacar; o que teria agradado à Foxy, a julgar por suas feições raivosas.
Ariane se desvencilhou da mão de Jaja com considerável esforço e se aproximou lentamente de Leroy, fitando-o nos olhos.
- Você quer falar - a vampira disse. - Você adora isso. Fale o que aconteceu com você nesses anos. Fale sobre Carlo, sobre os imortais que estão com você. Fale, fale e fale, pois essa será a última vez que alguém dará a atenção às suas palavras.
Leroy riu, debochado. Ariane não esperava que ele acreditasse. Mas estava falando a verdade. De uma forma ou de outra, ela iria transformar aquilo na verdade. Ela sorriu um pouco e voltou para perto de seus amigos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/24/2010, 10:19 am

Foxy ficou furiosa...
Fez contato mental com a vampira asiática..

" Cuidado com o que deseja. Eu posso fazer coisas que você nem suspeita. Você vai achar muito engraçado quando eu estiver pisando nas suas cinzas."

Ficou ainda mais revoltada quando o maldito Leroy impediu a vampira da atacar.
Ele não quer entrar em conflito agora, está esperando a entidade - pensou.

Estava tão dentro de si que nem ouvi as palavras de Ariane.

" Ataque... temos que atacar. Ele espera a entidade. Se nós acabarmos com eles antes que ela chegue... Será menos trabalho para um momento só." - mais contato mental, agora com Ariane.

- Ora vamos, essa conversa toda está me cansando. Falem, falem logo. Se deem o luxo de explicar suas razões e desejo. Sua superioridade barata me enjoa. - estava de braços cruzados olhando diretamente para a vampira.

- Você... Você fala coisas absurdas para alguém tão jovem. - disse o malfadado Leroy
- Você fala coisas estúpidas para alguém que se acha tão poderoso. Não sabe da metade de meus poderes. Agora responda, fale o que quer, ou fique com essa maldita boca fechada. Não quero ouvir mais do que o necessário vindo de você.

O plano de Foxy não era ouvir... ela queria irritar os vampiros... Se distraiam.. isso, fiquem zangados. Esqueçam de pedir socorro ao seu espirito...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
Lafayette
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2182
Data de inscrição : 08/07/2010
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/24/2010, 4:09 pm

Enquanto Ariane e Foxy tentavam distrair Leroy, Lafayette percebeu que a resposta para combater a estranha entidade estava em Angélique, que começou a se comunicar mentalmente com o grupo: "Sim, cuidem dos vampiros que eu dou um jeito no espírito."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/27/2010, 2:17 pm

Ariane se forçou a não olhar para Angélique, deixando que ela fizesse o que pudesse com o que sabia. Ah, seria uma história para a eternidade, da Talamasca ajudando um grupo de vampiros a sobreviver.
- Ok, ok. Então ouçam - Leroy disse. - Se acham que tem noção de meu poder, de nosso poder, estão enganados.
- Poder ou quantidade? - Foxy perguntou.
Leroy a olhou com ódio, que logo se dissipou.
- E faz diferença? - disse. - Ainda podemos vencê-los. E está claro que vocês sabem que não estamos sozinhos.
Droga. Ele não estava se distraindo.
- Com certeza. - Ariane disse. - Sua idiotice e petulância são tão grandes que parecem formar uma entidade separada.
- Cale a boca! - Leroy gritou, assustando Angélique. - Cale a boca. - repetiu, mais baixo. - Você... Você já causou problemas demais. Carlo não te quer mais respirando, sabia? Ele quer te ver morta, e eu começo a entender o porquê.
- Porque você é tão covarde quanto ele. Vocês se completam, sabe? Por que não se torna logo um escravo? Quero dizer, oficialmente. Você já é, claro. O que são mesmo essas marcas em seu pescoço?
Leroy estava muito, muito próximo de perder o controle. E Angélique, o que ela estava fazendo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/27/2010, 2:25 pm

Foxy estava realmente pra perder o controle... A petulância do tal Leroy não tinha limites.

Alguém faça alguma coisa, antes que eu faça..

- Então, por que estamos nessa conversa sem sentido? - perguntou.
- Vocês querem liquidar nossa amiga, e nós não vamos permitir isso. O principio é bem básico. E vocês querem liquidar ela e não querem nos deixar impedir... Simples. - cruzou novamente os braços.
- É você simplificou bastante, é quase isso realmente. - respondeu Leroy.
- Mas eu devo dizer uma coisa... antes de tudo. Sua bela amiga asiática, ela me ofendeu pessoalmente. Então, devo dizer que eu pessoalmente lavarei a honra dela em sangue. Você entendeu? - sorriu ironicamente...

Alguém faça algo, depois disso garanto que eles vão atacar...
Por que a moça do Talamasca não está fazendo nada?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6571
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/27/2010, 6:34 pm

Jaja continuava na mesma posição olhando com um sorriso torto nos lábios. Porém estava atentto a toda situação pronto para incinerar o primeiro que de fato se atravesse a fazer alguma coisa.

Finalmente tomou uma decisão e mandou uma mensagem para Lafayete, Ariane e Foxy:

"Já deu tempo da Ágatha se afastar bastante. Meninas, comecem a diversão que eu cuido, com Angelique, da tal presença.".

Virou rapidamente o olhar para Gabrielle. "Está comigo?"

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Gabrielle de Lioncourt
avatar
Co-Adm
Co-Adm

Mensagens : 3397
Data de inscrição : 05/01/2009
Localização : Around The World

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/28/2010, 9:36 pm

Gabrielle, que durante toda a conversação manteve-se no mais remoto silêncio, com uma indiferença irritante, pois no fundo sabia como as coisas iriam acabar; a conversa fora para ela completamente inútil e sem proveito, pois aqueles imortais não tinham nada a lhe acrescentar.

Respondendo silenciosamente, com um brilho nos olhos que quase passava despercebido, ela disse:

"É claro que estou."

_________________
“E assim, estendemos a mão para o caos furioso, apanhamos alguma coisa pequena e brilhante e nos agarramos a ela, dizendo para nós mesmos que ela tem significado, que o mundo é bom, que não somos a encarnação do mal e que no fim iremos pra casa.”

-
-
-

"Estaria sempre dividido. Sempre haveria a dor. Dor e prazer interligando-se e moldando-o, mas um, na verdade, jamais se sobrepondo ao outro; nunca haveria paz."



Assinatura


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.thesenseofdoubt.blogspot.com/
A&J
avatar
Marius (1000)
Marius (1000)

Mensagens : 1296
Data de inscrição : 01/06/2010
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/29/2010, 10:55 am

Ariane não pôde conter um sorriso malicioso; isso avisou os vampiros de seu ataque, mas não tinha importância.
Ela se levantou, acompanhada de Foxy e Lafayette, e ao mesmo tempo, viu a mortal da Talamasca ser jogada em uma cadeira; mas não por nenhum vampiro. Se achavam que Angélique não estava fazendo nada, agora sabiam a verdade; ela tentava acalmar o espírito, silenciosamente. E não estava conseguindo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.almadanoite.webnode.com.br
Lafayette
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2182
Data de inscrição : 08/07/2010
Localização : Londres

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/29/2010, 10:03 pm

Angélique estava tendo uma conversa com o espírito. Estava claro que ele estava sendo comandado por alguém de fora, uma bruxa ou bruxo, pois aqueles vampiros certamente não tinham nenhum controle sobre ele. Se ao menos pudesse encontrar essa pessoa...tinha de estar por ali perto.

Como Lafayette não tinha experiência de muitos séculos e não muita força para derrotar um imortal com a força da sua mente, sua única opção era a luta por meios físicos. A sorte de seu grupo era que, tirando Leroy e outra vampira, os outros dois pareciam ser jovens, não recém-criados, mas jovens, certamente poderiam vencê-los facilmente. Disse para o grupo:
- Vocês estão tão confiantes de que podem nos vencer. Bem, chegou a hora de nós mostrarmos que estão errados. - E avançou sobre o vampiro loiro que estava na sua frente.


Última edição por Lafayette em 12/29/2010, 10:22 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
. Foxy .
avatar
Maharet (2000)
Maharet (2000)

Mensagens : 2251
Data de inscrição : 11/08/2010
Localização : Sem local definido

MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   12/29/2010, 10:14 pm

Finalmente, ação.

Não eram necessárias explicações ou grandes esquemas de justificativa... Queria a ação, apenas pelo desejo.
Vamos ver se o seu poder é tão afiado quanto sua lingua.

E sem mais delongas, Foxy atacou a vampira asiática.
Pegando-na pelo pescoço e batendo sua cabeça na sólida parede de pedra do Cabaret...
A vampira ficou atordoada mas não se deixou abater... Foi na direção de sua atacante...
Mas... não percebeu que Foxy já estava as suas costas... E recebeu inadivertidamente um chute que a fez cair de joelhos...

- Oh, sim e agora? Onde está teu tão poderoso espirito? - sorriu, triunfante.

Mas isso não acabaria rápido....Não mesmo. Aproveitaria cada instante daquela pequena batalha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kafoxy.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Cabarét Francês   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Cabarét Francês

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

 Tópicos similares

-
» A garota do cabaré... beleza sua virtude? ou sua pior desgraça?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Ilha da Noite :: BIBLIOTECA SECULAR :: TOMANDO DA PENA-