A Ilha da Noite

Para aqueles que amam o maravilhoso mundo criado pela Mestra inigualável Anne Rice. Lestat, Louis, Armand, Marius, Mayfairs, A Talamasca... Todos estão aqui.
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Kel
avatar
Daniel (50)
Daniel (50)

Mensagens : 55
Data de inscrição : 10/10/2009

MensagemAssunto: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   1/27/2010, 7:13 pm

Eu sou tão fascinada por esta história que tinha uma imensa dificuldade de escrever alguma coisa aqui no forum de forma fragmentada, por isso perguntei se podia escrever do meu jeito... Não dava para ser concisa, infelizmente não há como falar desta saga sem mergulhar nela. Amo as crônicas e Lestat naturalmente é o meu preferido, mas a saga Mayfair mora na minha imaginação, é algo absurdamente intenso, por isso que o meu relato também o é. Espero que gostem que consigam ir até o fim... Rolling Eyes


A Saga Mayfair – Reunidos

Impressões sobre a mansão e primeira descrição de Lasher.
Um homem de olhos castanhos, um boneco de cera que falava sem mover os lábios. A casa em estilo de Renascença Grega. Uma longa casa em tom lilás acinzentado num canto sombrio do Garden District. Dois carvalhos em frente parecendo proteger a casa. Glicínias e bugavílias escuras, incandescentes.
Livros de registros nas estantes da biblioteca datados de 1756, 57, 58... Trajes do século XVIII nos homens e mulheres que enfeitam os quadros da casa. O cheiro de bolor que a casa emanava. A jóia desproporcional no pescoço da inválida. A linda inválida, um belo vegetal: Deirdre. O médico está encantado por ela...
Lasher, um homem alto, de cabelos castanhos, bem esguio, roupas de corte perfeitos, olhos escuros e bem grandes, olhos doces...
Existe um enigma inicial que se derrama morosamente no avançar de cada página. A descrição de Lasher, os detalhes mórbidos e encantadores da casa se mesclando com o mistério sombrio natural do Garden District. O jovem médico claramente “perturbado e encantado” por sua paciente. As velhas moradoras da casa que há fazem parecer ainda mais decadente. Mulheres antiquadas com modos antiquados. A velha bruxa Carlota, a amarga Nancy, as doces Millie e Belle...
Este início impressiona e toma o leitor de assalto. As sensações sentidas neste começo de narrativa faz o leitor avançar mais e mais, não há previsibilidade, a história segue hipnótica ainda no decorrer do capítulo central que é o “Reunidos”.
A primeira bruxa que conhecemos é Deirdre. Doce, linda, inválida. As impressões se mesclam com uma pequena apreensão e um prazer quase avassalador e a busca intensa pela continuidade da leitura. A construção inicial do personagem de Lasher é imprescindível para dar o “tom” ao enredo. O mistério maior encontra-se nele, nesta aparição inebriante. O que significa este nome? O que é esta entidade, este ser? São estas as primeiras e definitivas questões que a Anne lança para o leitor. Toda história na verdade está voltada para isso, para conhecermos Lasher, suas intenções e a sua existência. As bruxas são fundamentais mas o protagonista é ele, o interesse da Talamasca é Lasher, a família Mayfair é importante por Lasher está no seio dela.
O que Lasher significou para mim ainda neste primeiro momento? Um ser lindo, doce, sedutor e em nada assustador. A representação de Lasher é algo tão sublime, o espírito, o fantasma, o companheiro, o amante, o mistério da família. Quem o vê? Quem o conhece?
Lasher é infinitamente mais sedutor e interessante que Michael. Lasher viu muito, ambiciona muito, mas também passa a impressão de tamanha doçura e amor que são de fazer chorar...
Spoiler:
 

Deirdre é na minha opinião a bruxa mais doce e atormentada, a que mais sofreu por amor a Lasher, a que mais sofreu nas mãos da velha Carl, pois Antha teve a sorte de morrer mais jovem. Também percebo que o amor entre ela e Lasher foi o mais complicado porque todas as outras, exceto Antha tiveram a liberdade de tê-lo. Já Deirdre lutava contra os encantos de Lasher e culpava-se por amá-lo. O “romance” entre ela e Lasher é o mais melancólico e docemente relatado, primeiro por Rita May, depois por Aaron e as vezes pela própria Deirdre.

A Talamasca.
Fundada no século XI, um grupo de historiadores interessados em pesquisa psíquica. Bruxaria, assombração, vampiros ou qualquer um com poder psíquico notável. Uma Ordem riquíssima que herdou o tesouro dos Templários. A Talamasca, tão ou mais rica que a Igreja Católica. “Observamos e Estamos Sempre Presentes”. No caso, claro, eles se interessavam pelos poderes das mulheres da família. Mas o ponto central do interesse deles é Lasher. Somente através da Talamasca Rowan e Michael puderam conhecer toda a verdade da família Mayfair. Mas a Talamasca saiu do papel de observador e interferiu sim. Digamos que através de Petyr Van Abel, as bruxas Mayfair também descendem da Talamasca.

Petyr Van Abel – O poderoso médium holandês, membro da Talamasca e iniciante da compilação sobre as bruxas Mayfair e sobretudo Lasher.

Petyr, nascido em um período de reflexão existencial. Período irônico, ateu. Leitor de Sheakespeare. Petyr, rapaz alto, louro, altura e brancura quase nórdicas, rosto oval, nariz proeminente, testa alta e olhos grandes. Qualquer semelhança de Rowan com Petyr não é mera coincidência...
Petyr foi descrito como impulsivo e apaixonado. Membro da Talamasca desde os 8 anos de idade, após tornar-se órfão.
Petyr vai a Montcleve na França no ano de 1689 afim de “evitar” a morte de uma bruxa que seria queimada na fogueira. Curiosamente esta bruxa é Deborah, a bruxa de Montcleve, acusada de matar o marido com bruxaria. A velha condessa, sua sogra a acusou e os filhos de Deborah exceto a filha mais velha ficaram contra a mãe.
Petyr foi apaixonado por Deborah praticamente a vida toda. Conheceu-a ainda criança na ocasião da execução de sua mãe Suzanne, na Escócia. Suzanne também foi acusada de bruxaria e foi morta na fogueira. Petyr que salvou Deborah da morte quando ela tinha 12 anos não pode salvá-la neste momento em Montcleve.

Suzanne, Deborah e Charlotte – As 3 primeiras Bruxas.
Suzanne, uma camponesa inculta, evoca Lasher. Não tinha idéia do que estava fazendo. Falou sílabas aleatórias vistas em um livro de demonologia apresentado para ela por um fanático. Então ela evoca o espírito.
Suzanne foi acusada de bruxaria há mais ou menos trinta anos atrás, pensando na data de execução de Deborah, sua filha. Suzanne adotou o nome Mayfair, simplesmente por lhe faltar outro nome. Quando Suzanne evocou Lasher, Deborah tinha uns 7 ou 8 anos. Suzanne a levou para fora da cabana em que moravam e chamou o espírito para mostrá-lo a Deborah.
Suzanne era uma pobre mulher, deslumbrada com o poder de “seu” espírito. Deborah era “filha da farra”, filha ilegítima do Conde de Donnelaith.

Spoiler:
 

Suzanne foi morta na fogueira, Deborah foi poupada por ser filha da farra e os camponeses supersticiosos não mandariam para a morte uma filha da farra.
Deborah, como já dito foi salva por Petyr e levada para a casa matriz em Amsterdã. Foi então que a Talamasca “descobriu” que Deborah falava com um espírito e ela pediu para Lasher dar uma demonstração de seu poder. Ela desapareceu logo depois. Fugiu, anos depois Petyr a encontrou morando com um velho pintor em Amsterdã. Lasher a acompanhava e trouxe-lhe muitas riquezas. Ela já era uma mulher encantadora quando Petyr a encontrou após a fuga da casa matriz. Deborah o seduziu e com ele teve sua filha mais velha Charlotte. Na época Deborah foi retratada por Rembrandt com a esmeralda brasileira que um dia ela viu e desejou quando ainda era uma criança e morava na casa matriz.
Deborah confessou para Petyr que Lasher há havia enriquecido. Ela propôs para Petyr ser seu amante. Ele recuou mas tiveram uma noite de amor a qual foi concebida Charlotte.
Anos depois em Montcleve Deborah foi morta, caiu da torre da igreja quando estava para ser queimada viva por bruxaria. Petyr não consegui salva-la. Deborah foi claramente mais esperta que a mãe, porém não pode amadurecer ao ponto de saber usar Lasher como sua filha Charlotte fez no futuro. Deborah de alguma forma também era uma menina deslumbrada, mas foi forte até o ultimo momento.

Charlotte – Fugiu com o marido para a Martinica para se livrar de uma possível acusação de bruxaria, tal qual sua mãe. Na ocasião, aos 18 anos, já casada, utilizava-se dos poderes de Lasher e o controlava. Sabia do objetivo final do espírito por isso seduziu o próprio pai, Petyr, quando este foi ao seu encontro visando preservá-la dos “perigos” do espírito. Charlotte tornou seu pai prisioneiro para poder ter com ele uma filha saudável que pudesse dar prosseguimento aos planos de Lasher.
Penso que Charlotte sabia das intenções reais de Lasher e aproveitou-se disso para fazer a prosperidade da família. Na verdade esta era a ação de todas as grandes bruxas que a sucederam.
Em Saint Domingue, Charlotte prosperou, era proprietária e administradora de uma imensa fazenda com uma quantidade enorme de escravos. Era respeitada e temida por eles, seus dons para a bruxaria se destacavam, tal como a mãe ela tinha o poder da “cura”. Charlotte também era muito respeitada pelas autoridades locais em virtude de sua enorme fortuna.
Ela não associava seu nome a sua história na Europa, deu a sua fazenda o nome de Maye Faire, sempre escrito em inglês e nunca em francês.
Petyr amou Deborah e Charlotte imensamente. A primeira ele não pode salvar, a segunda não pode impedir que ele fosse morto por Lasher logo após ter cumprido o papel que lhe cabia, ou seja, conceber com Charlotte a próxima bruxa Mayfair.
Charlotte deixa claro para Petyr que nunca abrirá mão de Lasher e que ao contrário de sua mãe e sua avó é instruída, firme e nada deslumbrada e usará o espírito em seu proveito próprio.
A descrição da personalidade de Charlotte é brilhante, é a primeira bruxa com mais possibilidade de evolução, seja financeira, seja social ou psíquica. Depois de Charlotte só Mary Beth foi tão bem sucedida.
Existe ainda em Charlotte uma reflexão moral e existencial que só veremos no futuro em Julien. Charlotte reflete o espírito da época em que vive, é culta, é inteligente e assombrosamente prática.

Spoiler:
 

Daí temos idéia que a combinação consangüínea era extremamente importante, Lasher sabia disso.
Surge uma dúvida, se a Talamasca já sabia o que Lasher era o tempo todo por que então Petyr imaginava que ele podia ser o espírito de algum falecido? Ele planta essa dúvida em seus apelos com Charlotte para que ela se afaste de Lasher.
Após a morte de Petyr foi determinado pelo Superior Geral da Talamasca que nenhum outro membro deveria fazer contato direto com as bruxas Mayfair, havendo assim se instalado um novo método de pesquisa: a contratação de diversos “observadores” que repassariam as informações para o membro encarregado de acompanhar a investigação.
Charlotte viveu até os 66 anos, tendo morrido em 1743. A grande herdeira de Charlotte foi Jeanne Louise, nascida nove meses após a morte de Petyr.

Jeanne Louise, Angelique e Marie Claudette.

Jeanne Louise foi gêmea de Peter, óbvios filhos de Petyr. Jeanne Louise era a bruxa herdeira, seu irmão Peter, bem como o mais velho Antoine Fontenay III foram submissos a ela.
Jeanne Louise se casou com um homem dito dissoluto e beberão, mas seu companheiro de toda vida foi seu amante e irmão Peter. Peter nunca se casou e morreu apenas poucas horas antes de Jeanne Louise em 1771. Eles tiveram uma filha, Angelique em 1725, nesta época o marido de Jeanne Louise vivia louco e confinado na pequena casa em que Petyr foi preso por Charlotte anos atrás.
Jeanne Louise passou para Angelique o colar com a esmeralda que recebeu de Charlotte. Jeanne Louise era belíssima e muito admirada, os seus escravos tinham uma lealdade feroz com ela. Ela nunca foi descrita como cruel, mas era ela quem fazia a lei na Fazenda, executando escravos por traição.

Angelique casou-se por amor em 1755 com Vincent St. Christophe. Angelique não era linda como a mãe, mas era atraente, possuía cabelos castanho escuro e muito cacheado. Não há duvidadas de Marie Claudette seja filha legítima de Vincent.

Marie Claudette era lindíssima, lembrando tanto o pai quanto a mãe, tinha cabelo escuro e olhos azuis. Era pequena e delicada, casou-se com Henri Marie Landry e veio para a Louisiana. Desde Charlotte a fortuna da família só aumentava. Os escravos consideravam as quatro grandes feiticeiras. Elas eram curandeiras e “sabiam” de tudo.
Marie Claudette foi para a Louisiana com o marido e o irmão Lestan e alguns membros da família como o tio Maurice em função da revolução no Haiti. Ela estabeleceu o Legado Mayfair em 1789. Após instalados na Louisiana a família “alargou” seus contatos sociais. O desenvolvimento do século XIX forçou esta aproximação. New Orleans já era uma enorme cidade portuária. Percebe-se porém que as bruxas que nasceram após Marie Claudette com exceção de Mary Beth, foram mais fracas que suas antecessoras em Saint Domingue.
Marie Claudette e Riverbend. Os Mayfair viveram levaram lá até sua destruição pelo rio em 1896. Marie Claudette prosperou, era forte, semelhante a Charlotte. Em Riverbend ela plantou açúcar e era capaz de ameaçar qualquer um que se metesse no seu caminho. Adquiriu diversos escravos e os tratava muito bem, já os mercadores ela tratava com pulso firme. Ela foi amada e temida pelos escravos.
Em 1799 nasce Marguerite. Marie Claudette morreu em 1831, ainda a tempo de ensinar coisas importantes à Julien.

Marguerite, Katherine e Julien

Marguerite viveu à sobra da mãe até 1831. Ela foi considerada linda, tinha cabelos escuros e olhos negros amendoados. Marguerite tinha um gênio feroz e senso de humor imprevisível. Aos 20 anos casou-se com o cantor lírico Tyrone McNamara. Sabe-se que ela amou muito seu filho Julien e que os dois tentaram juntos muitas vezes trazer Lasher à vida por meio de possessão, o que nunca deu certo.
Marguerite mexia com vodu e provavelmente mandou Lasher matar seu marido e a amante.
Aos 30 anos Marguerite havia se tornado uma figura lúgubre ou mesmo assustadora. Ela vivia trancafiada em seu laboratório tentando meios de trazer Lasher à vida. Marguerite casou-se novamente com Arlington Kerr logo após a morte de Tyrone. Arlington foi pai legítimo de Katherine, embora ele tenha sumido 6 meses após o casamento.
Marguerite virou uma velha megera, por volta dos 40 anos em virtude de suas “pesquisas” com cabeças e corpos humanos.

Katherine – Ela abriu mão do legado e de ser a bruxa herdeira em favor do seu amor por Darcy Monahan. Mas o que eu acredito de verdade é que “o bruxo” pré-destinado desta geração era mesmo Julien. Charlotte errou quando pensou que Lasher não apareceria para um homem.
Julien foi incontestavelmente o mais poderoso desde Charlotte ou quem sabe até mais que ela. Mas falemos dele depois.
Katherine tinha uma ligação muito “estreita” com Julien, eles sempre vinham até a cidade para aproveitar a noite. Hospedavam-se em uma luxuosa suíte do St. Louis Hotel.
Em 1857, quando Katherine estava com 17 anos ela e os irmãos Julien e Rémy compraram uma área em First Street no Garden District e contrataram Darcy Monahan, arquiteto irlandês, para construir uma casa, a qual é a atual residência da família Mayfair. Katherine e Darcy apaixonaram-se perdidamente e Julien ficou incrivelmente perturbado, demonstrando um ciúme irracional pela irmã. Após muita interferência de Julien não consentindo o casamento, Marguerite deu a permissão para a filha casar-se. Ela e Darcy foram morar na mansão em 1858. Os dois formavam um casal belíssimo e muito simpático. Katherine viveu em plena felicidade, mas os abortos a deixaram melancólica e ela acreditava que se tratava de uma condenação divina. Ela deixou de ser alegre para tornar-se uma mulher confusa e hesitante. Darcy morreu em 1871 de febre amarela e Katherine ficou praticamente enlouquecida. Nesta ocasião pediu ajuda a Julien para que cuidasse dela, ela a violentou e tiveram uma filha: Mary Beth. Katherine morreu praticamente louca.

Julien – O mais fascinante, inebriante e sedutor de todos os personagens da saga Mayfair. Somente Lasher pode ser tão sedutor quanto Julien.
Julien nasceu em 1828, aos 15 anos passou a administrar a fazenda ao lado do primo Augustin. No aniversário de 18 anos de Julien, ocasião que ele já administrava totalmente a fazenda, acidentalmente matou o primo Augustin.
Julien foi amado pela avó Marie Claudette que após descobrir que o pequeno de 03 anos via Lasher, passou a direcionar ainda mais afeto e cuidados com ele. Marie Claudette foi figura importantíssima para Julien, talvez mais até que a própria mãe Marguerite. Marie Claudette contou-lhe coisas importantíssimas sobre a família e sobre Lasher, como conduzi-lo e até mesmo como dispersá-lo através da música.
O fato é que Julien amou e odiou Lasher, de modo que ambos serviram um ao outro. Julien possui a personalidade mais fascinante de todos os personagens da saga. Ele consegue ser brilhante. Expressa com naturalidade aquilo que todos temos e refreamos: o nosso lado obscuro.
Julien se entrega totalmente ao prazer, tal como Lestat. Sem medida, sem culpa, sem medo. Seus momentos de culpa apenas surgem quando ele percebe as más intenções de Lasher e para preservar sua própria vida atende a todas as solicitações do espírito.
A Anne diz em algum ponto, que caberia para Julien uma história individual. Concordo, há enredo suficiente para escrever no mínimo mais umas 500 páginas sobre este personagem sem igual.
Sua sedução, sua inteligência, seu modo flexível de ver o mundo e adaptar-se a ele, sua elegância, beleza e determinação. Seu gosto pelos prazeres do mundo, sua busca pelo limite de tudo... Julien é apaixonante.
Julien é impulsivo. Provavelmente desentendeu-se com Augustin e o matou, é possível que tenha se arrependido.
Quando Julien ainda era um garotinho já demonstrava sua precocidade. Sua sexualidade aberta aparece desde muito cedo na narrativa. Julien conhece o prazer com Lasher com homens e mulheres, chega até mesmo deixar-se excitar por crianças. (relato de Richard Llewellyn). Julien ama a família e ama a vida, a oportunidade de estar vivo, por isso e só por isso atende as exigências de Lasher, como forma de auto preservação.
Julien tomou Katherine e a violentou simplesmente porque a amava e desejava demais. Não creio que tenha havido interferência de Lasher nisso. Contrário ao que aconteceu no caso de Mary Beth, ambos conceberam Stella em função da consangüinidade e por exigência de Lasher.
Julien nasceu antes da Guerra de Secessão, viu todo o desenvolvimento do século XIX e início do século XX. Só perdeu o controle diante do sentimento por Katherine, que foi na verdade seu único e verdadeiro amor. Julien trouxe Katherine grávida e as crianças de volta a Riverbend e lá passa a dormir com ela a portas fechadas. O próprio Julien relata que só a tocou uma única vez e que no final eram só cuidados afetuosos. No entanto Julien voltou para First Street, mas nunca deixou de lado seus deveres na fazenda. Katherine o repelia, mas Julien voltada para ver sua filha-sobrinha Mary Beth. Seu amor pela menina era tanto que ele a levava para a cidade e lá ficavam por semanas a fio.
Em 1875 Julien casou-se com a prima Suzette Mayfair, conta-se que ele a amou muito. Eles vivam juntos em First Street, assim como Rémy e sua família, mas Rémy sempre esteve submisso a Julien.
Julien foi retratado diversas vezes, seu cabelo embranqueceu ainda na juventude mas em nada comprometeu sua beleza e sedução. Alguns membros da Talamasca acham que Julien lembra Deborah e Petyr, dele herdou a altura, o perfil e os olhos azuis e dela, a boca, as maçãs do rosto delicadas. Julien era poderoso e isso despertava medo e confusão nas pessoas. Entre seus inimigos estes dons eram bem conhecidos.

Spoiler:
 
Neste caso sabemos que o que acontecia é que Lasher assumia a forma de Julien e era seu “duplo” nestas ocasiões.
Julien investiu muito bem o dinheiro do legando, aumentado consideravelmente sua fortuna. Ele estava sempre em companhia de sua filha-sobrinha Mary Beth, levava-a á Ópera ao teatro e mais tarde aos bailes onde ela costumava se vestir de homem. Falemos dela mais tarde.
Apesar de amar muito o marido, Suzette não entendia a natureza animada de Julien e isso a incomodava, Suzette era muito religiosa. Parece que o casamento foi uma grande decepção para Julien. Eles tiveram 04 filhos: Jeannette, detentora de um “sexto sentido”, mas claramente desequilibrada; Barclay, Cortland e Garland, os dois primeiros eram muito parecidos fisicamente com pai. Os três foram para Harvard e na volta para New Orleans fundaram o escritório de advocacia da família e este mesmo escritório administra o legado até os dias atuais.
Em 1887 Julien levou Mary Beth então com quinze anos, há uma viagem para Nova York e depois Europa, por onde ficaram durante um ano meio. Neste período Mary Beth engravidou e Julien contou a todos através de carta que ela havia se casado com um misterioso Lord Mayfair, escocês primo do velho mundo. Lorde Mayfair “morreu” pouco depois. Quando Katherine soube do casamento da filha entrou em desespero, recusando-se a comer. “– Julien é o demônio” disse ela entre dentes.
Julien e Mary Beth viajaram mesmo para a Escócia, visitaram as ruínas de Donnelaith. Julien comprou a propriedade. Sabemos que Julien comprou esta propriedade porque tinha indícios história da origem de Lasher.
Na ocasião da morte de sua mãe, Julien declarou em francês “ – Na maioria das famílias quando morre uma pessoa, tudo o que aquela pessoa sabe morre com ela. Isso não acontece com a família Mayfair. Seu sangue corre em nós, e tudo o que ela sabia nos foi transmitido e nos deixa mais fortes.
A bissexualidade de Julien. Julien foi associado por Augustin a um “crime contra a natureza”. Ele teve companheiros desde a meninice e viria a tê-los durante toda a vida. Victor Gregoire foi um deles. Julien o amou muito, ele era uma espécie de secretário de Julien, por volta de 1880. Victor foi morto por Lasher que estava irritado com Julien por ele permanecer na Itália, na ocasião do passeio com Mary Beth.
Seu segundo amante mais famoso foi Richard Llewellyn, na época Julien já estava com 72 anos mas eles ainda tiveram uma vida sexual intensamente ativa. Richard descreve que viu Julien e Lasher fazendo amor uma vez e aquilo o horrorizou. Richard ficou com Julien até sua morte.
Spoiler:
 
Julien foi o único que realmente compreendeu as intenções a longo prazo de Lasher e por isso agiu contra ele como pode. Julien teve uma revelação por parte de Evelyn, sua neta, filha de Cortland, sobre o futuro da família Mayfair e isso o deixou muito atormentado. Julien escreveu sua biografia, mas Mary Beth a destruiu.
Muitos anos depois em aparição para Michael, Julien lhe contou tudo sobre Lasher e o que Michael deveria fazer para livrar a família do mal que o espírito representava.
Julien cometeu alguns crimes contra os homens, contra a sociedade, mas foi poupado de tudo, ele cometeu também crimes contra o amor e só deste ele se arrependeu. O apelo moral de Julien é incontestavelmente sedutor como tudo o que ele fizesse. Ele teve tudo o que quis, ele teve o mundo aos seus pés e ele soube aproveitar a vida e aprendeu como vivê-la apensar do amor e do ódio de Lasher.

É possível que eu ainda volte a falar de Julien, é quase impossível não falar qualquer coisa sobre ele novamente....
Depois continuo com Mary Beth, Stella, Carlotta, Antha, Deirdre e finalmente Rowan, Michael e Lasher para o desfecho final.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   1/28/2010, 2:57 am

Excelente resumo, Kel!!!

Só espero que quem não leu ainda a saga não leia-o pois vc entregou muitos segredos dos livros Laughing

Daí eu ter colocado o aviso de SPOILER no título do tópico.

Parabéns cheers

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/22/2014, 2:40 pm

Lí tudo nesse tópico, para me preparar para a leitura que eu vou começar - A Hora das Bruxas 1 e 2. Gostei muito do resumo. Lí até os spoilers, não resistí! >_<" Eu nunca resisto! xD

Citação :
É possível que eu ainda volte a falar de Julien, é quase impossível não falar qualquer coisa sobre ele novamente....
Depois continuo com Mary Beth, Stella, Carlotta, Antha, Deirdre e finalmente Rowan, Michael e Lasher para o desfecho final.

Sim! Mais, mais, mais!!
 bounce 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/23/2014, 9:38 am

PÔ AMIGA!

Deve ter estragado as surpresas da história, não?

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/23/2014, 12:29 pm

ah, mas eu estava muito curiosa! Não resistí. xD

De qualquer maneira, eu vou ler mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado

Convidado


MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/23/2014, 11:42 pm

shaushaushaushahsuh

Relaxa, às vezes é até saudável ler alguns spoilers... xD
E acredite, continua sendo uma série maravilhosa mesmo sabendo de tudo que acontece... *----*

*experiência de uma pessoa que leu Cântico de Sangue antes de HdB*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado

Convidado


MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/24/2014, 1:30 am

Frau Dead escreveu:
... *experiência de uma pessoa que leu Cântico de Sangue antes de HdB*
Eu fiz o mesmo mas na epoca eu nem sabia da existência das bruxas. XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado

Convidado


MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/24/2014, 11:24 am

SHAUSHAUSHSHAUS

[2]... xD
Só conhecei as bruxas porque li CdS...
hu3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/24/2014, 4:01 pm

Eu até prefiro ter a surpresa, mas ando tão ansiosa pra ler os livros que não resistí em dar uma espiada por aqui.
Mas eu acredito que, mesmo tendo lido isso aqui, ainda terei muitas surpresas na história. Resumo nenhum consegue se igualar à integralidade dos bons livros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   2/28/2014, 9:24 pm

Comprei!  cheers 

Comprei! Comprei! Comprei!  bounce *cantando*

Já estou com os 2 volumes de A Hora das Bruxas aqui comigo! <3

Agora, assim que eu terminar A Fazenda Blackwood (que eu não devia ter começado, mas já comecei), eu leio eles! \o/

Muito feliz.  Very Happy 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/1/2014, 12:14 am

bounce bounce bounce 

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/1/2014, 7:55 pm

Ontém eu comecei a ler A Hora das Bruxas. Resultado: Tô lendo 2 livros: A fazenda Blackwood e A Hora das Bruxas. >.<
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/2/2014, 10:29 am

Tá ferrada!

O segundo capítulo de HdB é lento... Com 2 livros paralelos então...

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/2/2014, 1:07 pm

Eu tô gostando bastante. Tô terminando o segundo capítulo de HdB.

Tô adorando o tal de Michael Curry. Gostei do médico também: o que aparece no primeiro capítulo e conta a história para o Aaron.

Fiquei com medo lendo sobre esses caras que ficam vendo o espírito (do Lasher) em tudo quanto é canto da cidade! *Benze* E eu estava lendo à noite, antes de dormir. Ave Maria!

Quando o médico fala que via um homem do lado da cadeira de balanço da Deirdre, eu quase tive um troço! >.<" Me lembrei de um filme tailandês chamado "Espíritos".

A fazenda Blackwood eu estou na página 106, mas acho que vou deixar pra ler o resto quando terminar HdB, porque tô mais presa na história de HdB e não quero confundir-me toda. xD~
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/2/2014, 1:41 pm

Acho que você vai realmente AMAR essa saga!

É muito mais pesada que as Crônicas (que eu amo tbm).

Tbm adoro o Michael (quem não?).

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Jaja de Lioncourt
avatar
Administrador
Administrador

Mensagens : 6550
Data de inscrição : 03/01/2009
Localização : New Orleans

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/2/2014, 1:41 pm

AH! FUJA DE SPOILERS AGORA!!!

_________________
Bebe comigo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ailhadanoite.forumeiros.com
Lane
avatar
Pandora (500)
Pandora (500)

Mensagens : 643
Data de inscrição : 16/02/2014
Localização : Brasil

MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   3/2/2014, 2:02 pm

huahuahua. Podexá!!  Razz 

Vou lá agora, continuar lendo o livro, porque estou gostando muito. Mais tarde, eu passo aqui de novo. o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

[ATENÇÃO ! SPOILERS!!!] Sobre a Saga Mayfair - Um resumo, minha visão dos fatos, incluíndo citações e spoilers...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Michael Jackson: A verdade chocante sobre os Arquivos do FBI
» O que os famosos falam sobre Michael Jackson
» [YT] Entrevista,Michael Comenta sobre o album Bad (Legendado)
» Novo filme sobre Michael Jackson revela sua personalidade
» Jennifer Batten (Guitarrista da Bad,Dangerous e History Tour) fala sobre Michael Jackson

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A Ilha da Noite :: A TALAMASCA :: AS BRUXAS MAYFAIR-